João Fiadeiro: I AM (NOT) HERE

> 26 de Abril, 2015

Galeria do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra

O Laboratório de Curadoria do Mestrado em Estudos Curatoriais inaugurou o primeiro momento do Ciclo de Intervenções Acto Contínuo na Galeria do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra.

O Ciclo iniciou-se com uma performance do artista João Fiadeiro, intitulada I WAS HERE da qual resultou a exposição I AM (NOT) HERE.

O projecto apresenta-se como um espaço de experimentação co-curatorial em estreita colaboração e diálogo com os artistas convidados. Nesta segunda edição, reflecte sobre o diálogo entre o Corpo e o Espaço; os movimentos que resultem em imagens e actos, produzidos por um Corpo que também é memória, um corpo inteligente, presente e ausente.

O corpo é pensante e criador, no espaço e no tempo. É criador de movimento e acção, de uma passagem/percurso que deixa marcas. Inscreve no espaço considerando que todo o movimento é escultórico. Assim, e como nos diz Henri Lefebvre, o espaço não é um contentor onde está o corpo – não há espaços neutros.

Este Ciclo de Intervenções, desenvolvido em três momentos, conta com a participação de João Fiadeiro (fevereiro); de Gabriel Abrantes (maio) e Julião Sarmento (outubro).

Em paralelo a cada intervenção terão lugar outras actividades como conferências, intervenções no colégio ou noutros lugares da universidade ou da cidade, num diálogo constante com a cena artística presente.

A performance I WAS HERE é uma criação que parte da coreografia dos movimentos mais básicos do corpo humano, activando desta forma a sua presença no espaço, que assim se torna, também ele, vivo. Mas o desejo de João Fiadeiro é o da exploração das marcas deixadas no espaço tornado activo, transmutando-o num lugar. Assim, retirando o corpo, mas deixando no espaço os rastos da sua vivência nele, Fiadeiro deixa para o visitante um espaço de memória, onde simultaneamente está e não está: I AM (NOT) HERE. Aqui, num espaço vazio cheio de rastos, experimenta-se o ecoar do passado que, pelos vestígios deixados pela sua intensa fisicalidade, está ainda continuamente presente – uma sobreposição de Tempos no mesmo Espaço, que origina, de forma última, a libertação do corpo destas duas dimensões que necessariamente o aprisionam.

O Laboratório de curadoria do Colégio das Artes da Universidade de Coimbra é um projecto colectivo dos alunos do Mestrado em Estudos Curatoriais e apresenta-se como um espaço de experimentação artística em estreita colaboração e diálogo com os artistas convidados. Procura ser um espaço reflexivo; questionador e de investigação.

+ info:

João Fiadeiro

Laboratório de Curadoria

Colégio das Artes da Universidade de Coimbra

artigos relacionados:

Francisco Tropa | Ciclo de intervenções ‘Tentar o próximo passo’

Ricardo Jacinto | Ciclo de intervenções ‘Tentar o próximo passo’

(C) Texto e imagens: cortesia do Laboratório de Curadoria, 2015. Fotografias: Vitor Garcia.

Anúncios