Tacita Dean | Fatigues

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012, installation view, Marian Goodman Gallery, NY, 2013. Courtesy Marian Goodman Gallery.

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012, installation view, Marian Goodman Gallery, NY, 2013. Courtesy Marian Goodman Gallery.

>> 09.03.2013
@ Marian Goodman GalleryNY

Esta é a primeira exposição do projecto ‘Fatigues’ que Tacita Dean realizou para a dOCUMENTA (13). E foi, por muitos, considerado um dos melhores projectos artísticos de 2012.

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012, Chalk on blackboard, 3 Panels,89 3/4 X 241 1/2 IN. (227.96 X 613.41 CM). Courtesy Marian Goodman Gallery.

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012, Chalk on blackboard, 3 Panels,
89 3/4 X 241 1/2 IN. (227.96 X 613.41 CM). Courtesy Marian Goodman Gallery.

Fatigues, é uma série de desenhos, de grande dimensão, a giz em quadro preto, que a artista criou numa antiga repartição de finanças, em Kassel. Dean usou o espaço de dois andares para criar uma narrativa. Começou no 1º andar com os picos montanhosos do Hindu Kush e o vale glaciar do Rio Cabul. Aproveitou a dinâmica do espaço para mostrar o rio a descer em direcção a Cabul com a neve a derreter, um fenómeno natural bem-vindo pela população mas, também, temido porque, geralmente, provoca inundações.

Dean recriou a instalação, em Nova Iorque, usando o comprimento da galeria em vez da escada que utilizou na mostra em Kassel. Os desenhos marcam o seu retorno ao quadro preto depois de um hiato de dez anos, que surge logo após a tentativa não concretizada de fazer um ‘blind film’ no Afeganistão, no qual iria dirigir à distância um operador de imagem local.

A descoberta do poema ‘Ford o’ Kabul River’, de Rudyard Kipling, sobre o afogamento de vários hussardos britânicos na Segunda Guerra Anglo-Afegã e as imagens de uma inundação em Cabul (de um filme Afegão) levaram Dean a reflectir sobre o poder do rio Cabul. O título Fatigues é uma referência ao uniforme do exército e ao seu estado de espírito pós Turbine Hall (+ info).

Tacita Dean nasceu em Canterbury, Inglaterra, em 1965. Vive e trabalha em Berlim. Recebeu vários prémios, entre os quais se destaca o Kurt Schwitters Prize, em 2009 e Hugo Boss Prize, em 2006. 

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012,(Detail). Courtesy Marian Goodman Gallery, 2013.

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012,(Detail). Courtesy Marian Goodman Gallery, 2013.

artigos relacionados:

Contemporary Art Daily

The Guardian

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012,(Detail). Courtesy Marian Goodman Gallery, 2013.

Tacita Dean, Fatigues (F) 2012,(Detail). Courtesy Marian Goodman Gallery, 2013.

Anúncios