Joao Felino | A Montra

Joao Felino: newspaper paintings ‘ desenhos preliminares

..
A Montra (Lisboa)
 
> 1 de Fevereiro, 2015
pintura desenho fotografia instalação
“A comunicação é o oposto do conhecimento. É inimiga das ideias porque lhe é essencial dissolver todos os conteúdos. A alternativa é uma forma de proceder baseada na memória e na imaginação, num desinteresse interessado que não foge do mundo, mas o faz mover.” 1.
“Communication is the opposite of knowledge. It is the enemy of ideas because it is fundamental to it to dissolve all contents. The alternative is an approach based on memory and imagination, in an interested disinterest that does not flee from the world, but makes it move.” 2.
A primeira mostra de 2015 do projecto A Montra é da autoria de Joao Felino. Por ocasião da actual instalação, o artista apresenta, também, uma edição limitada de 50 exemplares numerados e assinados, do jornal correspondente à sua participação no projecto Obra de Papel / Paperwork, 23/24, obra integrada na Programação de Arte e Arquitectura da Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura, com curadoria de Gabriela Vaz-Pinheiro.
+ info:
..

Joao Felino

Desde a primeira exposição em 1993 On(e ) Painting, que teve lugar na Galeria Quadrum, um dos mais relevantes espaços de arte durante os anos 70’s e 80’s em Lisboa sob a liderança de Dulce D’Agro, tem vindo a apresentar um extensivo grupo de projectos através de uma investigação levada a cabo com recurso aos mais diversos mediums; trabalhos sobre papel, desenho, colagem, pintura, fotografia, escultura, trabalhos baseados em objectos encontrados, vídeo e multimedia, performance e instalação, com um forte ênfase em trabalhos baseados em texto.

Um corpo de trabalho fortemente enraizado num enquadramento histórico e conceptual que toma a arte também como uma categoria problemática, desde a sua criação e apresentação até à sua recepção.

Group Show na Jack presents, outro espaço gerido por artistas em Lisboa e uma das mais significativas das exposições individuais mais recentes, é aquela que melhor descreve e sintetiza desde logo através do seu título o processo de trabalho e metodologia, da arte até todas as formas de representação, artísticas mas também políticas, sociais e científicas. Uma reflexão sobre como um artista hoje trabalhando com fotografia responde perante os assuntos que são específicos dos processos fotográficos, ainda que com outros meios, desde o momento da sua execução e produção até ao da sua recepção e consumo.

Trabalhos que recusam o preconceito segundo o qual os mais recentes desenvolvimentos nos processos e prática da fotografia ou da pintura, por exemplo, teriam encolhido ou estreitado a esfera própria de cada um destes meios. Muito pelo contrário, abriram todo um espaço regenerativo sugerindo novas ideias reflexivas acerca da complexidade das imagens e do modo como são concebidas, produzidas e disseminadas.

A sua exposição individual mais recente Flags of the World teve lugar no MUDE – Museu do Design e da Moda, em Lisboa do último dia 22 de Maio até 31 de Agosto. De entre as próximas exposições individuais a apresentar brevemente incluem-se Flags of the World, em Berlim e All the News That’s Fit to Print, primeira exposição individual em Nova Iorque, e a colectiva Entre o Sul e o Sueste – Arte Portuguesa de Hoje, com curadoria de Fernando Francés, Benetton Foundation no cac – Centro de Arte Contemporáneo de Málaga, em 2015.

artigos relacionados:

Joao Felino | Flags of The World

 


1. Mario Perniola, Contra a Comunicação, Teorema, Lisboa 2005
2. Mario Perniola, Contra la Comunicazione, Giulio Einaudi editore s.p.a. 2004
Note: no English translation to date. Freely translated by the artist.

(C) imagens: cortesia do artista Joao Felino. © Fotografias Raquel Melgue.


Nota da editora: A pedido do artista, o nome Joao Felino aparece sem til (~) no a.

Anúncios