Como se fosse a primeira vez

Miguel Justino Contemporary Art (Lisboa)

Com: Ana Tecedeiro, Ana Velez, Bela Silva, Inês Norton, Inês Wijnhorst, Joana Astolfi, Joana Rêgo, José Augusto Castro, Justino Alves, Mário Rita, Miguel Navas, Mónica Mindelis, Pedro Batista, Pedro Chorão, Rita Burmester, Rosário Rebello de Andrade, Sara Maia, Tomaz Hipólito, Vítor Pomar.

A galeria Bloco 103 mudou de espaço e de nome. Embora o projecto e a direcção se mantenham. O novo espaço – Miguel Justino Contemporary Art – situa-se junto à Av. da Liberdade, num edifício nobre da arquitectura da década 50. “Como se fosse a primeira vez” é a exposição inaugural que, segundo a direcção da galeria, remete para ciclos intermináveis, processos e idiossincrasias tão característicos das nossas vidas. Foi um desafio lançado a 19 autores, pintores e fotógrafos, com o objectivo de construírem um diálogo com o espaço da galeria.

Seguem-se algumas imagens da exposição, chamo a atenção para a sua disposição não estar, necessariamente, de acordo com o percurso na galeria.

+ info:

Miguel Justino Contemporary Art

Rua Rodrigues Sampaio, 31 – 1º Esq.

Lisboa

(C) imagens: cortesia dos artistas e Miguel Justino Contemporary Art, Lisboa, 2014.

 

Anúncios