Tiago Casanova: Pearl

Museu de Imagem de Braga

> 14 de Setembro, 2014
Inauguração da exposição e lançamento do livro em Braga: 18 de Julho (18h)
Lançamento do livro em Lisboa: 19 de Julho (18h)
Curadoria: Ana Matos
Inaugura no próximo dia 18 de Julho, no Museu da Imagem em Braga, a exposiçãoPearl’ de Tiago Casanova. O dia da inauguração será, também palco para o lançamento oficial do livro ‘Pearl’ com a série homónima completa. No dia 19 realiza-se o lançamento do livro em Lisboa, na XYZ Books, que conta, igualmente, com a presença do artista.
‘Pearl’ remete, logo num primeiro olhar, e intensifica-se nos outros que se lhe seguem, como uma viagem pela paisagem da Ilha da Madeira, assim chamada pela quantidade de madeira aí encontrada no século XV, aquando da sua descoberta. Porém, nesta série de Tiago Casanova, o conceito de Paisagem é extendido para outras acepções, distantes que estão da paisagem naturalista do século XIX. É uma paisagem contemporânea, onde o natural, entenda-se o “produzido pela Natureza”, e o artificial, como sendo produzido pelo Homem se confundem e fluem. Mesmo a mais edílica e aparentemente “natural” paisagem, tem, na grande maioria das vezes, a intervenção do Homem, nem que seja pelos acessos ou pelas espécies não endémicas aí existentes.

É esta híbrida relação entre Natureza e Construção que a Tiago Casanova interessou explorar. Percorreu os lugares da sua ilha com a sensibilidade de um olhar virgem, na busca do esplendor de redutos naturais, ao mesmo tempo que se pressente o seu profundo conhecimento e consciência estética da intervenção do Homem nessa mesma Paisagem. Há entre este par de forças, Natureza e Construção, o conforto de um miradouro onde saboreamos a paisagem, e o confronto de uma estrada que irrompe mar adentro. Uma paisagem natural e urbana da Ilha da Madeira por um fotógrafo contemporâneo madeirense, onde não é possível abstrair da sua formação de arquiecto que aqui assume outras formalidades instrumentais.

O título do projecto, Pearl, encerra esta proposta imagética de Tiago Casanova. Afinal, esta era/ é a ilha conhecida como a “pérola do Atlântico”. Pearl é composto por um conjunto de 30 fotografias, captadas em analógico, durante uma visita à Madeira entre Novembro de 2011 e Março de 2012. São registos fotográficos de Paisagem que, de acordo com o autor, “nos transportam para um universo mais realista e objectivo, que pretendem comunicar de um modo sincero alguns dos planos da paisagem natural e urbana do território da ilha da Madeira”.

Acrescem a esta série, uma fotografia de época do avô do artista e 20 polaroids que representam um outro formato, mais instantâneo do diário de viagem, num contacto mais pessoal e intimista com o obejcto fotografado, reforçando a singularidade da experiência, uma vez que se trata de um suporte não multiplicável.

‘Pearl’ será, posteriormente, apresentada no Museu de Arte Contemporânea do Funchal (Madeira), com inauguração a 7 de Novembro, 2014.

Pearl é o primeiro livro da Editora XYZ, um projecto que nasce da XYZ Bookshop e que promete dedicar-se à publicação independente de Livros de Fotografia. XYZ é um projecto de Pedro Guimarães, Tiago Casanova e Valter Vinagre. Este livro encontra-se em destaque no TOP 10 do Self Publish Riga e na Shortlist do Kassel Dummy Award, da qual ainda não foram divulgados os vencedores. Todas as cópias são encadernadas à mão pelo autor com uma serigrafia original da Carapau Amarelo, feita também à mão, com base num desenho de Pascal Ferreira.

Tiago Casanova (Madeira, 1988) iniciou o Mestrado Integrado em Arquitectura na Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP) em 2006. Dirigiu o 1o e o 2o ciclos “A Fotografia na Arquitectura” (2008 e 2009) e em 2009, o “Prémio FAUP de Fotografia de Arquitectura”. A Bolsa Fundação Ciência e Tecnologia para a Integração na Investigação através do CCRE (2008/09) permitiu-lhe explorar a relação entre fotografia e arquitectura. Expõe colectiva e individualmente desde 2005. Em 2011/12 participou no projecto internacional de residências artísticas “European Borderlines”, da responsabilidade dos fotógrafos Vanessa Winship e George Georgiou, e colabora regularmente com várias revistas, entre as quais a Scopio – International Photography Magazine, cuja equipa directiva integra. Em 2012 foi um dos vencedores do Prémio Bes Revelação, ganhou uma menção honrosa nos Novos Talentos Fnac Fotografia, e, em 2014, o seu trabalho foi seleccionado para o painel de melhores trabalhos no Plat(t)form organizado pelo Fotomuseum de Winterthur. Vive e trabalha entre Porto e Berlim.

+ info:

Tiago Casanova

XYZ Books

Galeria das Salgadeiras

Museu da Imagem de Braga

Anúncios