An-arquitectura: espaços e imagens

A partir da coleção BESart

Curadoria: Nuno Crespo

Appleton Square | BES Arte & Finança | Teatro Thalia 

04 Julho — 02 Agosto (2014)
Teatro Thalia:            Diogo Seixas Lopes, Nuno Cera e Patrícia Barbas  
BES Arte & Finança:  Daniel Malhão, Joana Vilhena e Ricardo Carvalho 
BES Arte & Finança:  Inês Lobo e Paulo Catrica 
Appleton Square:       Paulo David 

Uma exposição, três locais e um coletivo de arquitetos e artistas compõem a mostra que explora temas fundamentais do pensamento e prática da arquitetura. Serão explorados 4 temas essenciais do pensamento crítico da arquitetura e da fotografia: 1) paisagem por Paulo David na Appleton Square; 2) teatro por Diogo Seixas Lopes, Nuno Cera e Patrícia Bastos no Teatro Thalia; 3) processo por Daniel Malhão, Joana Vilhena e Ricardo Carvalho no BES Arte & Finança; 4) re-utilização por Inês Lobo e Paulo Catrica, também no BES A&F. A esta lista de artistas junta-se Pedro Costa e o seu olhar sobre a Ilha do Fogo em Cabo Verde no BES A&F.

Para estes temas o coletivo de arquitetos e artistas concebeu obras novas que dialogarão com a coleção de fotografia do BES. A fotografia surge não como registo, representação ou interpretação do espaço construído ou como biografia dos territórios onde a arquitetura atua, mas como um campo de possível exploração e experimentação de pensamento sobre o espaço, a sua organização e relação com as forças humanas mais fundamentais.

Esta exposição apresenta-se, assim, como uma exploração de  temas importantes na prática quotidiana da arquitetura e da vivência humana do espaço construído. O interesse não é tanto descobrir edifícios, revisitar imagens, realizar propostas concretas de intervenção num território ou ensaiar novas formas de construir e pensar as nossas cidades e a maneira como a habitamos, mas sobretudo explorar possíveis campos de pensamento e processos criativos de atuação, pensamento e trabalho sobre o espaço.

Um processo em que a arquitetura surge aliada à fotografia e à imagem em movimento como forma de aumentar o possível campo de experiências espaciais. Aqui as imagens não servem para registar ou interpretar objetos arquitetónicos, mas são elas mesmas lugares organizados, arquiteturas espontâneas e inesperadas materializadas em imagens, desenhos ou sugestões.

Invocando a importante herança do artista-arquiteto Gordon Matta-Clark, chamou-se a esta exposição An-arquitectura, expressão aqui utilizada no duplo sentido de subverter a ordem institucional do espaço construído alterando fronteiras e hierarquias numa espécie de anarquia arquitetónica e, ao mesmo tempo, negar os limites impostos pela parede, chão e teto e entender a arquitetura como uma disciplina criativa fundamental.

+ info:

Appleton Square

BES Arte & Finança

Teatro Thalia 

Anúncios