Cascais Cidadela Art District

CAD

Inaugura amanhã, dia 8, a partir das 18h, o Cidadela Art District, em Cascais, um projecto inovador que alia arte contemporânea e turismo. A iniciativa é do grupo Pestana Hotels & Resorts, a direcção artística é da responsabilidade de Sandro Resende, fundador e director da Associação P28. Trata-se de uma iniciativa pioneira, a primeira do género, numa unidade hoteleira, a nível europeu.

Um dos objectivos desta proposta é extravasar a arte dos seus espaços tradicionais e promover a utilização de lugares, anteriormente, alheios a esses propósitos. Para o efeito, disponibiliza espaços que promovem o encontro entre os artistas e o público, bem como, a criação artística. Assim, o aproveitamento de um conjunto de espaços (lojas da Cidadela de Cascais) já existentes no local, constituiu um elemento chave deste projecto.

O Cidadela Art District pretende levar a arte contemporânea ao grande público através da apropriação de espaços não convencionais e meios associados à comunicação de massas enquanto promove o desenvolvimento artístico através do seu papel de mediador de artistas e galerias. Por um lado, traz a arte para um contexto do quotidiano e por outro, usando “não-lugares” ou espaços de transição, aposta na descontextualização.

O Art District irá dotar a cidade de Cascais de um novo circuito expositivo complementando e reforçando as actividades, anteriormente, desenvolvidas pelo Pestana Hotels & Resorts, um grupo empresarial que tem desenvolvido uma sólida política de responsabilidade cultural. A apresentação de uma programação artística cuidada e concertada visa valorizar o trabalho dos artistas em Open Studio e das galerias numa fase inicial da sua actividade.

Open Studios

No Piso 1 do Art District situam-se os estúdios dos artistas: Bruno Pereira, Duarte Amaral Netto, Paulo Arraiano, Paulo BrighentiPedro Matos e Susana Anágua. Aqui, pode conhecer e seguir o seu processo de trabalho porque os estúdios encontram-se abertos ao público.

Galerias 

No Piso 0 localizam-se as galerias e plataformas criativas. Entre as quais, a Raw Art Brut Gallery – primeira galeria de arte bruta portuguesa e a Cinco – galeria de arte contemporânea com alguns artistas consagrados, como Luís AlegrePaulo Mendes, Pedro Cabral Santo, entre outros. A Viarco abre, também, a sua primeira loja, a Magnética Magazine estabelece aqui a sua sede e a editora de autor, Branco abre as portas ao público.

Site Specific

Outra das vertentes do projecto é a criação de peças pontuais e específicas para o local, inclusive quartos de autor e apontamentos artísticos em vários espaços da Pousada de Cascais. Seguindo esta filosofia, o Cidadela Art District vai alargar este conceito a outras Pousadas, tendo já projectado seis intervenções, dos artistas residentes do Piso 1, em seis locais diferentes.

O Grupo Pestana comemorou, em 2012, 40 anos de existência. Com um percurso de quatro décadas de sucesso, o Grupo possui e gere mais de 90 unidades em Portugal e no estrangeiro. Opera em várias áreas de negócio, ao todo são nove: hotelaria, golfe, casinos, imobiliário turístico, aviação, distribuição turística, timesharing, indústria e serviços.

Na hotelaria, o seu principal negócio, o grupo opera com duas marcas: Pestana Hotels & Resorts e Pousadas de Portugal, cuja gestão da rede assumiu em 2003. São 47 hotéis (23 em Portugal, 1 em Inglaterra, 1 na Alemanha, 9 no Brasil, 3 em Moçambique, 1 na África do Sul, 1 em Cabo Verde, 1 na Argentina, 1 na Venezuela, 1 na Colômbia, 1 em Marrocos, 1 nos EUA, 3 em S. Tomé e Príncipe, 1 em Espanha e 1 em Cuba) e 37 Pousadas em todo o país. Ao todo, são mais de nove mil quartos disponíveis na Europa, em África e na América e sete mil colaboradores. De acordo com a revista norte-americana “Hotels”, o Grupo Pestana ocupa a 115ª posição do top 300 das empresas hoteleiras mundiais. Mais recentemente, passou também a ocupar a 26ª posição do European Hotel Survey 2010, no ranking da revista “Hotel Management International”.

+ info:

Evento @ Facebook

Cidadela Art District @ Instagram

Anúncios