João Onofre

> 19.01.2014

Solar – Galeria de Arte Cinemática (Vila do Conde)

Esta exposição individual de João Onofre na galeria Solar, em Vila do Conde, surge como uma oportunidade de consolidar e ampliar o trabalho que o artista tem vindo a desenvolver em articulação com a programação da galeria.  A sua colaboração iniciou-se, em 2011, na exposição ‘Stereo’, para a qual  realizou “S/Título”, em colaboração com Adolfo Luxúria Canibal. Em 2012, na exposição coletiva “2012 Odisseia Kubrick”, Onofre apresentou o vídeo “Untitled (2001)”, produzido em 2009.

O conjunto de obras selecionadas, para esta exposição, integra algumas produções recentes, bem como uma peça original, que partem de articulações diversas entre a imagem e o som (a música, o dueto). Algumas destas obras resultam de vídeos que, libertos das imagens, se apresentam agora sob a forma de objetos sonoros instalados no espaço da galeria.

João Onofre nasceu em Lisboa, em 1976, cidade onde vive e trabalha. Estudou na Faculdade de Belas Artes de Lisboa e, posteriormente, concluiu o MFA no Goldsmiths College, em Londres. Expôs, individualmente, em inúmeros museus e galerias internacionais, tais como: João Onofre, I-20, Nova Iorque (2001); João Onofre, P.S.1. / MoMA Contemporary Art Center, Nova Iorque (2002); Nothing Will Go Wrong, MNAC, Lisboa, and CGAC, Santiago de Compostela (2003); João Onofre, Kunsthalle Wien. Project Space Karlsplatz. Wien (2003); João Onofre, Magazin 4, Bregenz (2004); João Onofre, Toni Tàpies, Barcelona (2005); Cristina Guerra Contemporary Art, Lisboa (2007); João Onofre, Galleria Franco Noero, Turim (2007); Palais de Tokyo, Paris (2011).

Onofre integrou numerosas exposições colectivas internacionais, entre as quais se incluem: Plateau of Humankind – The 49th Venice Biennale; Human Interest, Philadelphia Museum of Art; Performing Bodies, Tate Modern; Youth of Today, Schirn Kunsthalle; Video, An Art, A History 1965-2005 New Media collection, Centre Pompidou/ Sydney- Contemporary Art Museum.

O seu trabalho encontra-se representado em colecções públicas e privadas, destacando-se as seguintes: Museum of Contemporary Art, Chicago; Albright-Knox Gallery, Nova Iorque; Centre Georges Pompidou – MNAM/CCI, Paris; The Weltkunst Foundation, Zurique; La Caixa, Barcelona; MACS – Museu de Serralves, Porto; CAM – Fundação Calouste Gulbenkian, Lisbon; MNAC – Museu do Chiado, Lisboa; GAM – La Galleria Civica d’Arte Moderna e Contemporanea di Torino, Turim; Centre National des Arts Plastiques, Ministère de Culture, Paris.

+ info:

João Onofre

Obras (Solar)

Solar – Galeria de Arte Cinemática (Vila do Conde)

Texto sobre João Onofre: ‘O que nos é mostrado não nos é mostrado’ de Carlos Vidal

(C) Texto e imagens: Cortesia de Solar – Galeria de Arte Cinemática  (Vila do Conde)

O artista é representado por Cristina Guerra Contemporary Art (Lisboa)

 

Anúncios