Cândido | Kameraphoto

@ Kgaleria | Lisboa

‘Cândido’ é uma publicação do colectivo kameraphoto, comissariada por Filipa Valladares que procedeu à selecção de imagens a convite do fotógrafo Guillaume Pazat. Reúne um conjunto de vinte imagens, de vários membros do colectivo kameraphoto e invoca Voltaire para sugerir uma leitura sobre os dias de hoje.

Esta publicação vem na sequência das publicações anteriores, Please Hold e Éden, sendo a terceira edição do projecto “DR – Um Diário da República”, apoiado pela Fundação EDP. Em 2013, o colectivo decidiu entregar o arquivo de fotografias tiradas em 2012 – uma selecção de cerca de 3000 imagens – a oito dos seus membros para organizar uma exposição e editar uma publicação com a colaboração de uma editora ou de um designer. Durante este ano, a kameraphoto apresenta 8 exposições e publicações idealizadas a partir do mesmo conjunto de imagens, por diferentes membros do colectivo. A programação 2013 do “DR – Um Diário da República” ficará concluída com a  exibição de 4 projectos, em 4 publicações individuais.

Filipa Valladares é curadora e fundadora da livraria STET – livros e fotografias.

A publicação ‘Cândido’ encontra-se à venda na Kgaleria.

O melhor dos mundos

Cândido ou O Optimismo’ é uma das obras mais conhecidas de Voltaire, pseudónimo do poeta, ensaísta, dramaturgo, filósofo e historiador iluminista francês François-Marie Arouet (1694-1778), foi escrita em 1759 enquanto sátira às ideias do pensador alemão Gottfried Leibniz (1646-1716) que afirmava que este é o melhor dos mundos possíveis. Uma visão optimista que Voltaire não podia partilhar porque tinha sido perseguido e preso por defender os seus ideais. A história de ‘Cândido’ é um clássico que coloca em confronto a ingenuidade e a astúcia, o altruísmo e o egoísmo, o amor e o ódio, entre outras características humanas. Cândido é um jovem de espírito puro, com bons princípios, que um dia é expulso do castelo onde habitava. A partir daí, inicia uma viagem à volta do mundo, questionando o que o mestre Pangloss lhe ensinava e descobre que afinal este não é o melhor dos mundos possíveis. Aprende, assim, a olhar o mundo de outra perspectiva (da sua). Um retrato mordaz da época, situa-se entre factos históricos como o terramoto de 1755, em Lisboa, e a Guerra dos Sete Anos (1756-63), estabelecendo uma critica social à nobreza, à intolerância religiosa e a outros aspectos sociais e políticos.

A saber: no dia 19 de Setembro, dia do “Bairro das Artes”, a kameraphoto apresentará 4 publicações individuais a cargo dos fotógrafos Augusto Brázio, Martim Ramos, Nelson d’Aires e Valter Vinagre.

Kgaleria

Rua da Vinha, 43A
1200-475 Lisboa
Portugal
Tel: +351 21 343 16 76

(C) imagens: Cortesia Kameraphoto, 2013.

Anúncios