Éden (Kameraphoto)

Capa FANZINE 2

@ KGaleria 09.05. – 14.06.2013

O colectivo Kameraphoto inaugura hoje, dia 9, a exposição ‘Éden’, parte integrante do projecto colectivo “DR – Um Diário da República”, iniciado em 2010, no ano do centenário da proclamação da República, o DR pretende contribuir para a construção de uma memória colectiva sobre o período 2010-2020 em Portugal.

Ao longo desta década (2010-2020), os fotógrafos da Kameraphoto irão documentar vários acontecimentos ocorridos no nosso país. As fotografias serão organizadas e editadas de forma a dar origem a publicações e exposições. Em 2013, ano que marca o décimo aniversário da kameraphoto, o colectivo decidiu entregar o arquivo das fotografias tiradas em 2012 (uma selecção de cerca de 3000 imagens) a oito dos seus membros para organizar uma exposição e editar uma publicação. 

São 8, as exposições e publicações idealizadas para 2013, a partir do mesmo conjunto de imagens, por diferentes membros do colectivo. A programação 2013 do “DR – Um Diário da República” ficará concluída com a exibição de 4 projectos, em 4 publicações individuais.

A fotógrafa Pauliana Valente Pimentel é autora da proposta: Éden. Para esta publicação e exposição, a fotógrafa do colectivo escolheu trabalhar com José Pedro Cortes, fotógrafo e fundador da editora Pierre von Kleist. O resultado deste comissariado bicéfalo é composto por 39 imagens, exibidas sem qualquer título ou legenda, deixando abertas as portas a novas interpretações.

Hoje será, igualmente, lançada a publicação dessa mostra: ‘Éden’ encontrando-se disponível para venda na KGaleria.

A próxima proposta terá lugar a 20 de Junho de 2013, com exposição e lançamento de publicação. Filipa Valladares, fundadora da livraria e editora Stet é a comissária.

KGaleria

Rua da Vinha, 43A
1200-475 Lisboa
Portugal
Tel: +351 21 343 16 76

Clique nas imagens para ampliar

Pauliana Valente Pimentel

Nasceu em 1975 em Lisboa, onde vive e trabalha.
Como fotógrafa freelancer, faz trabalhos de fotoreportagem desde 2000 para diversas revistas estrangeiras e portuguesas bem como exposições colectivas e  individuais. Fez o curso de Fotojornalismo no Cenjor e frequentou workshops de fotografia com Amy Arbus, Bob Sacha, Alex Majoli, Eric Lessing, David Alan Harvey e Andrea Pistolesi, tendo trabalhado como assistente destes dois últimos. Em 2005, participou no curso de fotografia do Programa Gulbenkian Criatividade e Criação Artística. Pertence ao colectivo Kameraphoto e ao grupo de fotógrafos artísticos “Doze”. Para além de livros colectivos, em 2009 foi publicado o seu primeiro livro de autora ‘VOL I’, pela editora Pierre von Kleist. Actualmente é representada pela Galeria das Salgadeiras, em Lisboa. Parte da sua obra pertence a coleccionadores privados e institucionais.

José Pedro Cortes (Porto, 1976)

Frequentou o Ar.co, realizou em 2004 o Master of Arts in Photography no Kent Institute of Art & Design (UK) e, em 2006, após 3 anos em Londres, regressou a Lisboa para fazer o Programa Gulbenkian de Criatividade e Criação Artística (Fotografia). Expõe, regularmente, desde 2004, destacam-se as exposições individuais no Museu da Imagem de Braga (“I will not reveal you”, 2006), no Centro Português de Fotografia (“Silence”, 2006), na White Space Gallery (“José Pedro Cortes: Photography+Video”, 2006, Londres) e Módulo – Centro Difusor de Arte (“Like an empty yard”, 2008 e “Moi, un blanc”, 2011) e, em 2011, “Things here and things still to come” no Museu Nogueira da Silva no âmbito dos Encontros da Imagem de Braga. Em 2006 publicou o seu primeiro livro “Silence” e em 2011 foi publicado “Things here and things still to come”, ambos pela Pierre von Kleist editions.

O seu trabalho está representado nas colecções do BES Art, Fundação PLMJ, Colecção Américo Santos e Colecção Nacional de Fotografia/Centro Português de Fotografia, e é representado pela White Space Gallery (UK). É também fundador e co-editor da Pierre von Kleist editions, tendo sido editado já 9 livros de fotografia, entre os quais está a reedição do “Lisboa, cidade triste e alegre”, de Victor Palla e Costa Martins.

Correntemente está a desenvolver um projecto (com mais 11 fotógrafos europeus) para o European Photography Exhibition Award (EPEA) patrocinado por 4 Fundações Europeias, Fondazione Banca del Monte di Lucca(Itália), Fundação Calouste Gulbenkian (Portugal), the Fritt Ord Foundation (Noruega) e KörberStiftung(Alemanha). O trabalho será exposto nestas 4 Fundações em 2012 e 2013.

Anúncios