Edgar Martins: ‘The Time Machine’ (Fundação EDP Porto)

‘The Time Machine’, de Edgar Martins, inaugura, hoje, dia 10 de Janeiro, na Galeria Fundação EDP Porto, ficando patente até 17 de Março. Esta será a última etapa de itinerância deste trabalho, em Portugal.

Da longa história da electricidade, estas fotografias são resultado e testemunho: o fotógrafo necessitou da luz artificial para as realizar e os seus objetos são precisamente alguns dos lugares, máquinas e instrumentos que servem para produzir de modo artificial esse fenómeno físico natural.

O que Edgar Martins nos oferece em ‘The Time Machine’ são imagens de cenários futuristas desenhados décadas atrás que, nas suas palavras, revelam um “passado de exaltante inovação tecnológica e de crença otimista no futuro”.

+ info: Fundação EDP

A seguir imagens da mesma exposição realizada, em 2011, no Museu da Electricidade em Lisboa. Link: artigo completo

Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Electricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen

Edgar Martins (n. Évora, Portugal, 1977). Cresce em Macau e muda-se para Inglaterra em 1996, onde completa a sua formação em Belas Artes e Fotografia no London Institute e no Royal College of Art, em Londres. O seu trabalho está representado em numerosas coleções como as do Victoria & Albert Museum (Londres), National Media Museum (Bradford), Dallas Museum of Art (EUA), Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação EDP, Fondation Carmignac (Paris), entre outras. O artista venceu o 2010 International Photography Awards e representou Macau na edição 54ª da Bienal de Veneza. Vive e trabalha em Inglaterra.

Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen.

algumas máquinas  |  alguns espaços  |  alguns instrumentos  |  água

“Em The Time Machine, o fotógrafo necessitou da luz artificial para realizar imagens cujo tema incide precisamente sobre alguns dos lugares das máquinas e dos instrumentos que servem para produzir, de modo artificial, esse fenómeno físico natural. A artificialidade é uma das características dominantes do trabalho de Edgar Martins e a mais eficaz. Manifesta-se em todos os domínios da criação e apresentação da imagem  (composição, iluminação, textura e temperatura de cor) e conduz o próprio objecto fotografado pra uma dimensão de irrealidade, congela-o, fantasmagoriza-o”. João Pinharanda (programador e comissário).

Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011,fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen
Edgar Martins, The Time Machine, Museu da Eletricidade, 2011, fotografia da exposição Making Art Happen

(C) fotografias: © Edgar Martins, cortesia do artista.

O artista é representado por Cristina Guerra Contemporary Art

Fotografias da exposição: Making Art Happen

Anúncios