forosur cáceres ’12

Forosur realiza-se, em Cáceres, durante os próximos dois anos. A primeira edição, de 2012, pretende dar a conhecer a arte contemporânea de Espanha, Portugal e do Chile. O objetivo é promover o diálogo e reflexão sobre questões que afectem essas regiões, permitindo a artistas, criadores, coleccionadores, galerias e agentes a partilha de interesses e preocupações. A programação inclui exposições, debates, workshops e outras iniciativas.

Esta edição vai explorar o significado da transumância cultural. Transumância refere-se ao deslocamento sazonal de animais, durante uma parte do ano, para locais que oferecem melhores condições. Uma herança cultural, com ligações à Extremadura Espanhola, uma região que, desde a Idade Média, mantem uma importante actividade, neste sector, que se tornou um significativo intercâmbio económico entre regiões. 

Até 4 de Novembro, 2012

De Portugal participam:

Cristina Guerra, Contemporary Art  e Pedro Oliveira 

Cristina Guerra Contemporary Art (Lisboa) apresenta uma selecção de obras dos artistas João Onofre (Portugal) e Rosângela Rennó (Brasil).

João Onofre, Ghost (2009-2012), © João Onofre. Imagem cortesia de Cristina Guerra-contemporary art, 2012.

Ghost (2009-12) de João Onofre, filme que documenta a silenciosa viagem de uma ilha com uma palmeira tropical (Howea Forsteriana) com cerca de 11 metros de altura. A ilha, especialmente construída para o filme, atravessa, de Oriente a Ocidente e ao longo do rio Tejo, a cidade de Lisboa até à foz, para se perder no horizonte. Aqui mais informação sobre esta exposição.

Apagamentos (2005) de Rosângela Rennó apresenta uma rede de diapositivos coloridos, fortemente iluminados por detrás, dispostos em mesas de estudo semelhantes às usadas na investigação criminal. Como num caso em aberto, desvendam-se factos visuais, mas estes estão fragmentados, mantendo na expectativa o conhecimento possível e a pergunta por responder. Aqui, a própria fotografia, é, pela primeira vez, integrada no jogo como evidência e questionada: quanto mais vemos, menos sabemos. 

A galeria Pedro Oliveira (Porto) apresenta Adelina Lopes Rita McBride 

Adelina Lopes, Três pedras / Three stones | 2006, Lambda print | Edition of 3 + 1 AP, 84 x 110 cm. cortesia da artista e da galeria Pedro Oliveira, 2012.

Links:

exposições

debates

geral

participantes

Anúncios