100 Obras, 10 Anos | Fundação PLMJ

João Louro, Blind Image #57,2004, Acrílico s/ tela e esmalte sob vidro acrílico,65 x 81 cm, Colecção da Fundação PLMJ, Lisboa, imagem cortesia da Fundação PLMJ.

Inaugura, amanhã dia 27, na Fundação Arpad Szenes – Vieira da Silva a exposição ‘100 Obras, 10 Anos: Uma Selecção da Colecção da Fundação PLMJ, que reúne obras de artistas portugueses e da CPLP pertencentes ao acervo da Fundação PLMJ. Patente até 27 de Janeiro de 2013.

Esta exposição é comemorativa do décimo aniversário da Fundação PLMJ. Criada pela sociedade de advogados PLMJ – A.M. Pereira, Sáragga Leal, Oliveira Martins, Júdice e Associados, esta fundação é uma instituição dedicada à arte contemporânea portuguesa e de países da CPLP (comunidade dos países de língua portuguesa). Traçando uma panorâmica do acervo da Fundação, originalmente centrado na arte portuguesa e, recentemente, também dedicado à arte da CPLP, esta mostra compõe-se de obras exemplificativas da pluralidade de estéticas que caracteriza esta colecção. Assim, cruzam-se disciplinas históricas, como a pintura e a escultura, com as que exploram novos meios de expressão, como o vídeo. Combinam-se, ainda, tendências que dialogam com as tradições das linguagens artísticas e práticas que analisam a vida social, abordando a esfera política e económica.

Pedro Cabrita Reis, The Zurich Totem, 2005, Alumínio, tinta laca para automóvel e madeira, 174 x 34,5 x 30 cm, Colecção da Fundação PLMJ, Lisboa, imagem cortesia da Fundação PLMJ e da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva.

Reúne artistas consagrados e emergentes do panorama nacional, focando nomes associados às décadas de 1980, 1990 e 2000 de acordo com a lógica de desenvolvimento do acervo da Fundação PLMJ. De entre os participantes, destaque para: Ângela Ferreira, Fernanda Fragateiro, Joana Vasconcelos, João Louro, José Pedro Croft, Julião Sarmento, Miguel Palma, Pedro Cabrita Reis, Pedro Calapez e Rui Chafes.

A exposição compreende ainda artistas emergentes das cenas artísticas da CPLP,  entre os quais: Celestino Mudaulane, Jorge Días, Kiluanji Kia Henda, Rosana Ricalde e Yonamine.

Yonamine, Call Me…, 2009-10, Acrílico, carvão, colagem e impressão serigráfica sobre tela, 180 x 180 cm, Colecção da Fundação PLMJ, Lisboa, imagem cortesia da Fundação PLMJ e da Fundação Arpad Szenes-Vieira da Silva.

Anúncios