Devir Menor

De 16 de junho a 19 de agosto

Devir Menor  é um projeto de investigação que se materializa numa exposição e um livro resultantes de uma investigação híbrida entre a arquitetura, a teoria crítica e a prática da materialidade, procurando diagramar projetos e processos de trabalho de arquitetos e coletivos situados no contexto da Ibero-América. Faz parte da programação de Guimarães 2012, Capital Europeia da Cultura.

Curadoria do Projeto: Inês Moreira e Susana Caló

Coordenação geral do Projeto e da Exposição: Inês Moreira

Coordenação do Livro e Edição: Susana Caló

A exposição DEVIR MENOR apresenta projetos de coletivos e autores convidados, refletindo um modo de pesquisa em rede com um conjunto de consultores de diversos países da América Latina, Portugal e Espanha. A exposição inaugural na Sociedade Martins Sarmento ocupa os três espaços das galerias temporárias num percurso contínuo que inclui 22 participantes e que avança por diversos núcleos: um conjunto de estratégias de ocupação e apropriação de espaços vazios (ex: Ângela Bonadies + Juan José Olavarria ou Louise Marie Cardoso Ganz), processos de criação e construção coletiva (ex: Todo por La Praxis ou Rootstudio + Blaanc), pesquisas sobre o território e a literatura (ex: Iconoclasistas ou Mario Ballesteros), as explorações visuais de espaços construídos (ex: José Luis Uribe + Cristobal Palma), e ainda modos de habitar (ex: Urban Think Tank + La Panaderia).

O dispositivo de exposição do projeto DEVIR MENOR explora diversos modos de visualidades espaciais partindo de um pedido base standard a cada autor: 3 elementos de formato DIN A0. As especificidades da arquitetura edificada de novo, o registo das ocupações no tempo, e outras práticas espaciais mais imateriais conduziram a uma grande diversidade de apresentações que desdobram numa multiplicidade de suportes e materiais audiovisuais. O conjunto expositivo oferece três modos diversos de leitura do conceito: a exposição como página de livro (painéis standard); a exposição como espaço de pesquisa (com espaço de workshop e de leitura); a exposição como espaço de exibição para diversos suportes de imagem (a fotografia, o vídeo, o projeto editorial). A exposição está concebida para poder itinerar com agilidade e economia para outros locais.

© imagens e texto: Devir Menor/ Guimarães 2012.

Anúncios