Ilha (exposição colectiva)

Miguel Bonneville, ‘Estudo para ilha’, 2013, 14x21,5cm, tinta de gel sobre papel. Cortesia do artista.

Miguel Bonneville, ‘Estudo para ilha’, 2013, 14×21,5 cm, tinta de gel sobre papel. Cortesia do artista.

Livraria Sá da Costa (Chiado, Lisboa)
20 Abril – 18 Maio (2013)

Inspirado pelo último romance de Aldous Huxley, ‘A Ilha’, Miguel Bonneville decide criar uma obra a partir do livro e convidar treze artistas, oriundos de Portugal, Lituânia, Alemanha e Canadá, com o objectivo de realizar uma exposição colectiva. O resultado pode ser visto, a partir de sábado, na Livraria Sá da Costa, em Lisboa.

Com: Bárbara Assis PachecoCláudia VarejãoEdvinas Grin, Frauke Frech, Joana Linda, José Miguel Vitorino, Lara Torres & Diogo Melo, Miguel Bonneville, Sara PazosSofia Arriscado, Sónia Baptista e Vicky Sabourin.

“Como é que posso fazer com que toda a gente leia este livro? Foi o que pensei, há uns anos atrás, quando acabei de ler ‘A Ilha’, o último romance escrito por Aldous Huxley. Foi assim que surgiu a ideia de criar uma obra a partir do livro e de propor a um grupo de artistas que fizesse o mesmo.

Publicado em 1962, nitidamente utópico, ‘A Ilha’ apresenta-nos uma civilização que funde o melhor das sociedades Oriental e Ocidental, com o intuito de prevenir que um mundo democrata se transforme num mundo totalitário.

‘Armamentos, dívida universal, obsolescência planeada – esses são os três pilares da prosperidade ocidental. Se os resíduos, a guerra e os agiotas fossem abolidos, vocês entrariam em colapso. E quanto mais as pessoas consomem, mais e mais o resto do mundo se afunda profundamente num desastre crónico.’

Intrinsecamente ligado ao presente, ao nosso pais e à Europa – desmoronados -, este movimento de criação e de partilha existe numa tentativa de procurar encontrar um impulso que nos devolva mais do que uma triste e desenfreada busca de sobrevivência. ‘Ilha’ é um acto inicial contra o isolamento.” – Miguel Bonneville

Livraria Sá da Costa
Rua Garrett, 100, Chiado – Lisboa 
20 Abril – 18 Maio
Segunda a Sábado (15h às 19h)

Clique nas imagens para ampliar:

 

Anúncios