Calhau! @ Carpe Diem Arte Pesquisa

No próximo sábado, dia 16, o duo Calhau!  actua no Carpe Diem – Arte e Pesquisa, em Lisboa. Trata-se do concerto de lançamento do novo disco: ‘Magneto Luminoso Condutor Sombra’. O LP sairá em formato vinil 12”, edição de autor. Este evento inaugura a produção de concertos da Filho Único neste espaço.

Ouça um dos temas no bandcamp da banda aqui

VC

Em actividade e operando sob o nome Calhau!, desde 2006, o casal Marta Ângela e João Alves, sediados no Porto, tem vindo a desenvolver um admirável corpo de trabalho transdisciplinar em artes visuais, filme e música. A sua produção de serigrafias, instrumentos musicais, textos, guarda-roupa + caracterização e apresentação pública de projecções de filmes, concertos, performances e lectures, evocam referências que vão desde Lygia Clark a Raymond Roussel, evidenciando um fascínio pelo “elitismo, às vezes esotérico, de certas manifestações da cultura popular (rural)” como qualificava João César Monteiro, em entrevista por ocasião do seu filme ‘Veredas’ (1977), interpelam-nos a considerar as fabulosas dimensões fasciculadas que compõem a sua cosmologia calhauística.

Aceites como sedutoramente bizarros no seio da música independente e eticamente comprometidos com o humor e o ‘saber fazer em contingência’ no tecido das artes visuais, o par prossegue o seu percurso perpassado por constante arrojo e pertinência. Co-fundadores do estúdio de artes gráficas Oficina Arara, na cidade do Porto, apresentaram-se ao longo dos últimos anos em reputados festivais de síntese performática medial, como o nacional Trama ou o internacional NETMAGE. Em complemento destaca-se a sua participação criteriosa nas Residências ZDB de 2009 ou na 10ª edição do Prémio União Latina – com a peça musical de recurso a um coro levada à cena no Centro Cultural de Cascais – assim como a residência artística no Atelier MTK em Grenoble, onde adquiriram vasto conhecimento de trabalho em película para proveito da sua produção fílmica.

A sua obra de perfil transdisciplinar é já uma referência com presença regular em Lisboa com apresentações no Festival Rescaldo na Culturgest, na Galeria Cristina Guerra, Residências ZDB, selecção Prémio União Latina, entre vários outros. Para este concerto no Carpe Diem é esperada uma intervenção cénica, à altura da sua reputação, numa das amplas e belas salas do antigo Palácio Pombal.

POSTER_LXweb

Filho Único é uma associação cultural sediada em Lisboa que tem por objecto primordial a apresentação, divulgação, produção, mostra e integração de manifestações na área da música que trabalhem a partir de critérios construtivos de produção artística, que visem o desenvolvimento da arte e contenham em si um cariz de busca e de progressão estética. Ao longo dos cerca de 6 anos de existência têm vindo a produzir e a promover concertos de artistas como Animal Collective, Hype Williams, James Ferraro, Evan Parker, Stephen O’Malley, Mika Vainio, Kurt Vile, B Fachada, Ariel Pink, Keiji Haino, entre muitos outros, em espaços como a Fundação de Serralves, Lux Frágil, Cabaret Maxime, Centro Cultural de Belém, Auditório da ESBAL, Kolovrat 79 – Roof, Sé Patriarcal de Lisboa, Palácio Foz, entre vários outros. Paralelamente, têm, também, construído outras avenidas organizacionais e criativas, como é o caso das festas AVENIDA, no 211 da Av da Liberdade e as ‘Noites de Verão’ no MNAC – Museu do Chiado. Outros projectos: a criação da editora de música de dança Príncipe, a organização mensal das Noites Príncipe em residência no clube Musicbox e o comissariado da exposição O Novo Ofício no Museu Coleção Berardo no Verão de 2012.

Bilhetes disponíveis nas lojas Flur, Matéria Prima e Espaço Múltiplo do Carpe Diem – Arte e Pesquisa


Anúncios