Rising Dragon: Contemporary Chinese Photography

Zhang Xiao, from the series Coastline I, © Zhang Xiao

até 30 de dezembro, 2012 @ Krannert Art Museum

A exposição Rising Dragon mostra o trabalho de 36 artistas chineses que utilizam a fotografia para documentar os contrastes existentes entre a imagem pública, cuidadosamente controlada, que a China passa e a realidade do país. Organizada pelo Katonah Museum of Art, Nova Iorque, com curadoria de Miles Barth, a exposição explora temas como: identidade, memória, globalização, urbanização e ecologia. Retrata um país cheio de contradições e lança um olhar irónico e crítico ao poder crescente da China – candidato à liderança política e económica mundial. 

Zhang Xiao, Three Gorges No. 1, from the series Three Gorges, 2008, Digital chromogenic print. © Zhang Xiao

artistas: Cao Fei, Weng Fen, Yu Haibo, Zhang Huan, Sun Ji, Wang Jin, Liyu + Liubo, Wang Qingsong, Rong Rong, Li Wei, Huang Yan, Qui Zhijie, Zhang Xiao, entre outros.

Zhang Huan, Foam #1, 1998. cortesia do artista. © Zhang Huan.

A maior parte destes fotógrafos são jovens, muitos nasceram durante o regime de Mao Tse Tung, numa China em constante mudança, contraditória, caótica e acelerada. O seu trabalho é, geralmente, provocador, crítico e irónico. A ideia de confronto pode ser encontrada em muitas das suas obras. Confronto entre a doutrina oficial comunista e a realidade económica e social. Entre os desejos e ambições da população e as suas condições de vida difíceis. Entre a cidade chinesa tradicional e as cidades futuristas que têm surgido nos últimos anos. Entre a cultura chinesa ensinada nas escolas de arte e o acesso por parte dos artistas à cultura ocidental. Confronto entre o passado, o presente e o futuro. Os artistas chineses são o espelho do seu país.

Rong Rong, from the series We are Here. © Rong Rong

A fotografia era utilizada, somente, para fins de propaganda. Com Deng Xiaoping, começa a retoma chinesa que, rapidamente, absorve do ocidente os meios necessários ao seu desenvolvimento económico. Do ponto de vista das artes, a absorção é idêntica. Na fotografia, surgem novos meios de divulgação da sua história e dos principais protagonistas (de Alfred Stieglitz a Cindy Sherman, a título de exemplo).  

Todos os anos, milhões de pessoas, vindas da China rural, procuram as cidades, aspirando a uma vida diferente. Este crescimento alucinante das cidades produziu uma alteração de paradigma – de uma cultura agrícola para uma sociedade industrial – e os artistas vão reflectindo essas transformações nas suas obras.

Clique nas imagens para ampliar:

Zhang Xiao, from the series Coastline I, Digital chromogenic print. © Zhang Xiao

Zhang Xiao, from the series Coastline I, Digital chromogenic print. © Zhang Xiao

Zhang Xiao, from the series Coastline III, Digital chromogenic print. © Zhang Xiao

LINKS: 

Li Wei

Zhang Huan

Zhang Xiao

Anúncios