Barreira Invisível – Linha do Nabão

Prado, Barreira Invisível – Linha do Nabão: Inquérito à paisagem, imagem cortesia de João Henriques.

Barreira Invisível – Linha do Nabão: Inquérito à Paisagem é o título da exposição colectiva de fotografia dos alunos do Mestrado em Fotografia (Aplicada e Conservação) do Instituto Politécnico de Tomar, sob a orientação de Nuno Faria, que inaugura hoje, 10 de Outubro, no Centro de Arte e Imagem em Tomar. Esta exposição está integrada na programação da Bienal de Vila Franca de Xira.

Trata-se de um exercício colectivo de abordagem à paisagem, formalizado em grupos que mapearam territórios definidos em torno de núcleos fabris junto ao rio Nabão, no concelho de Tomar. Esta zona teve em tempos a maior concentração de indústria papeleira do país, actualmente na sua grande maioria unidades que foram extintas e que se encontram ao abandono ou foram reconvertidas.

A representação da natureza revela-se não apenas no lado material, mas onde conflui também o lado imaterial, das ideias, em que noções de fronteira, de limite, de barreira, entre outras, se podem também fazer presentes. 

Porto de Cavaleiros, Barreira Invisível – Linha do Nabão: Inquérito à paisagem, imagem cortesia de João Henriques.

Alunos: Ana Catarina Silva, Paula Magalhães, Joana Mota, Sandra Garrucho, Cláudia Santos, Cláudia Gaspar, Susana Cruz, Vera Gomes, Sara Conceição, Paula Tábuas, José Luis Loureiro, David Santos, Rui Pinto, Diogo Pereira, João Lourenço, Pedro Lucas, Bruno Félix, Nuno Gaspar, Gonçalo Figueiredo e João Henriques.

Centro Arte Imagem IPT: Av. Cândido Madureira, Tomar. Horário (4ª a Domingo 10-17h).

Anúncios