Camp Out: Finding Home in an Unstable World

artistas: Jasmin Bilodeau, Sébastien Giguère e Nicolas Laverdière (Canada), Oliver Bishop-Young (RU), Cyprien Gaillard (França), Isabelle Hayeur (Canada), Edgar Martins (RU), Mary Mattingly (EUA), Michael Rakowitz (EUA), Emily Speed (RU), Dré Wapenaar (Holanda), Kim Yasuda (EUA).

@ Laumeier Sculpture Park

até 16 de setembro, 2012

Kim Yasuda, Hunt and Gather, 2012, Laumeier Sculpture Park Comission with funds form the Mark Twain Laumeier Endowent fund.

Camp Out: Finding Home in an Unstable World é um olhar sobre a casa (ou melhor o lar – o sonho do lar) e as diferentes formas que esse sonho foi adquirindo nas últimas três décadas. Um trabalho exploratório e simbólico sobre o dilema de encontrar o seu lugar num mundo cada vez mais mercantilizado, dilatado e tecnológico.

Os artistas foram convidados a trabalhar um elemento de vida que fosse significativo por si só mas que fizesse, também, parte de um conjunto mais amplo. A explorar o conceito de “casa” como um dos mais importantes sub-elementos do tema identidade, fundamental, na análise artística moderna e contemporânea, como instrumento de análise do enorme desequilíbrio entre as condições de vida do chamado mundo desenvolvido e do terceiro mundo – entre o urbano e suburbano, o impulso de expansão urbana desenfreada e o planeamento urbano cuidadoso. As obras, em exposição, transformaram-se, assim, num laboratório ativo que questiona e promove a reflexão sobre estas matérias e não apenas um oásis de contemplação passiva.

Cyprien Gaillard, Pruitt Igoe Falls, 2009. Color video, running time: 6:55 minutes. Courtesy Sprüth Magers, Berlin / London.

(C) imagem de destaque na página anterior: Edgar Martins, Untitled (Atlanta, Georgia) from the series: This is not a House, 2009, courtesy the artist.

Anúncios