Atelier Concorde

O Atelier Concorde é um espaço colectivo de trabalho, composto por estúdios onde diversos artistas desenvolvem a sua prática individual e por uma sala de projecto, espaço de criação e apresentação para as artes visuais e performativas. Situado em Lisboa e iniciado, em Janeiro de 2010, por um grupo de artistas, o Atelier Concorde tem uma identidade em construção, de contornos definidos pelos seus colaboradores – sendo por isso receptivo a propostas que necessitem de ser desenvolvidas e aprofundadas. Mais informações aqui.

Próximo Evento: New Work, David Murphy

Sexta 13 Abril 2012 às 22h / Conversa com o artista às 23h.

Apresentação do trabalho desenvolvido por David Murphy durante a residência de um mês no Atelier Concorde. Às 23h haverá uma conversa com o artista sobre o seu trabalho anterior e o processo da residência.

alguns dos artistas residentes:

Inês Jacques

Coreógrafa, bailarina, cantora. Tem formação em Dança e em Música, em Portugal e na Holanda. Licenciou-se em Dança pela Escola Superior de Dança e frequentou o 4º ano do curso de Canto do Hot Clube de Portugal. Foi bolseira Mugatxoan (Es), DanceWeb/Impulstanz (Aus). Os seus trabalhos venceram 3 edições do concurso Jovens Criadores do CPAI. Representante Portuguesa na III Bienal dos Jovens Criadores da CPLP em Moçambique e no Festival Internacional de Dança em Macau. Foi artista residente na Fundação Serralves, O Espaço do Tempo (Pt), Parc de la Villete, PAF (Performing Arts Forum) e Main d’Oeuvres (Fr). Em 2005, funda a Zut!, produtora ligada às artes performativas.

Pedro Faria

Formado em Arquitectura pela Universidade de Coimbra e em Artes Visuais pela Glasgow School of Art, frequentou em 2006 o Curso de Artes Visuais da Fundação Calouste Gulbenkian. Desde então tem vindo a desenvolver o seu trabalho como artista plástico – participando em diversas exposições, colaborando com profissionais das artes performativas e dando início a projectos colectivos com outros artistas.

Trabalho recente

2012 ‘Chã de Cricket’, Atelier Concorde, Lisboa
2011 ‘A korai kör’, Magyar Műhely Galeria, Budapeste
2010 ‘Theatre Europa’, Ida Nowhere, Berlim
2010 ‘É que um mundo todo vivo…’, Marz Galeria, Lisboa
2010 ‘Tenho lágrimas nos ouvidos…’, Lisboa
2010 ‘Um só’, Alkantara Festival, Lisboa
2010 ‘As we speak’, Stereo Space, Glasgow

Mais informações aqui.