Heart of Darkness

Fiona Banner

No passado dia 31 de Março, Fiona Banner apresentou, pela primeira vez, e,  numa única sessão, uma performance baseada no argumento do filme, Heart of Darkness, de Orson Welles (que nunca foi realizado). Interpretado pelo actor Brian Cox e transmitido ao vivo através do site de – A Room for London – um projecto do atelier de arquitectos David Kohn, em colaboração com a artista Fiona Banner. O trabalho de Banner explora vários temas da narrativa histórica. Numa das suas instalações “Harrier and Jaguar” colocou dois aviões de combate no átrio central da Tate Britain, em Londres (aqui artigo deste blog sobre essa instalação). Ela reinterpreta a história, através do cinema, nomeadamente no seu livro ‘The Nam’, onde conta a história dos filmes realizados sobre o Vietnam.

Orson Welles adaptou o livro ‘Heart of Darkness‘ de Joseph Conrad, para cinema, no final dos anos trinta, do século XX. Teria sido o seu primeiro filme, mas foi rejeitado pelo estúdio RKO e Welles realizou Citizen Kane em substituição. Na época, foi considerado demasiado político – pelos paralelos que estabelecia (a ascensão do fascismo na Europa e a excessiva e doentia ‘sede’ de poder e dinheiro), dispendioso e intransigente, do ponto de vista artístico. O filme ‘Apocalypse Now’ de Francis Ford Coppola foi, igualmente, inspirado no livro de Conrad – Heart of Darkness .