Yvonne Rainer | Space, Body, Language

Yvonne Rainer, Space, Body, Language. Kunsthaus Bregenz, 2012.

YVONNE RAINER  – Space, Body, Language –

 Kunsthaus Bregenz (Bregenz, Austria).

Até 09.04.2012. 

Yvonne Rainer, Space, Body, Language. Kunsthaus Bregenz, 2012.

Yvonne Rainer é uma das personalidades artísticas mais vibrantes do século XX e XXI. Nasceu em San Francisco, EUA, em 1934.  Em 1957, muda-se para Nova Iorque para estudar dança com Martha Graham e Merce Cunningham. As suas experiências de trabalho e relações interpessoais com Anna Halprin (dança), Robert Dunn (aluno de John Cage) e, também, com Trisha Brown, Elaine Summers, Steve Paxton, e David Gordon (todos ligados à dança) estão na origem da criação do Judson Dance Theatre em NY. Rainer mantinha, também, proximidade com alguns artistas visuais como Carl Andre, Robert Morris e Robert Rauschenberg que participavam nas suas criações, como intérpretes ou com outra função.

Yvonne Rainer criou coreografias surpreendentes onde desenvolveu uma linguagem totalmente nova, marcada pela inclusão de gestos e actividades diárias nas suas criações. A escala de trabalho para o corpo humano e a repetição deliberada já são visíveis nos seus primeiros trabalhos, hoje considerados um marco histórico na dança pós-moderna, como “Trio A” de 1966 (no vídeo em cima). No início dos anos 1970, Yvonne Rainer voltou as costas ao palco e dedica-se a realizar filmes onde mistura a ficção e a realidade, o pessoal e o político. A rejeição de uma narrativa linear, a identificação com os actores e a abstracção intelectual da emoção são temas que trabalha nos seus filmes.

Anúncios