Beatriz Milhazes, Screenprints (1996 – 2011)

Beatriz Milhazes, em exposição na Windsor Gallery, 2011- 2012.

Beatriz Milhazes em exposição, até 29.02.2012, na Galeria Windsor na Florida. Esta é a primeira iniciativa de uma parceria estabelecida entre a Whitechapel Gallery (Londres) e a Windsor (Vero Beach, Florida). Em exposição obras em papel realizadas pela artista, ao longo de um período de 15 anos, em colaboração com Durham Press. A exposição é comissariada por Iwona Blazwick, diretora da galeria Whitechapel, e é a primeira de uma série de três exposições a realizar em Windsor.

Beatriz Milhazes, em exposição na Windsor Gallery, 2011- 2012.

Beatriz Milhazes nasceu no Rio de Janeiro em 1960. Atingiu a maturidade, como artista, num período conturbado da história do Brasil: a queda da ditadura militar. Faz parte da ‘Geração 80’ que reivindica o retorno do uso ‘exagerado’ da cor e de um imaginário vibrante. Ambos patentes, de forma incontornável, na sua obra, evocam um ambiente tropical luxuriante que faz parte integrante da riqueza cultural que o Brasil tem para oferecer.

Beatriz Milhazes, em exposição na Windsor Gallery, 2011- 2012.

Influências, referências e tendências artísticas: a cor enquanto elemento estrutural/ modernismo/ abstração geométrica/ carnaval/ movimentos concreto e neoconcreto brasileiro / op e pop art / Henri Matisse/ Piet Mondrian/ Tarsila do Amaral.

(C) Imagens: cortesia da artista e da Windsor Gallery.

Anúncios