Anish Kapoor | Orbit Tower

Anish Kapoor, Orbit Tower drawing, © Anish Kapoor

Em 2009, o presidente da Câmara de Londres, Boris Johnson, lançou um concurso para a criação de um perfil urbano distinto que concedesse aos Jogos Olímpicos de 2012, uma imagem simbólica que os definisse e destacasse. Das 50 propostas apresentadas, a eleita foi a de Anish Kapoor –  Orbit Tower – uma estrutura, em aço, com 115m de altura (22m mais alta que a estátua da liberdade de NY). Foi inspirada por outras duas torres famosas: a Eiffel e a Tatlin. Trata-se de uma estrutura colossal aparentemente instável que vai oferecer, aos visitantes, uma vista panorâmica sobre a cidade. Kapoor afirmou que uma das suas referência foi, também, a Torre de Babel, um pouco o desejo medieval de chegar ao céu, construir o impossível, é uma espiral longa e tortuosa que aspira transcender as nuvens. A construção desta torre já teve reacções menos positivas, de crítica e preocupação, dada a conjuntura económica, estar a construir a maior peça de arte pública não parece muito sensato a alguns. A torre irá ser, sem dúvida, um dos próximos monumentos emblemáticos da cidade de Londres.

“I wanted the sensation of instability, something that was continually in movement. Traditionally a tower is pyramidal in structure, but we have done quite the opposite, we have a flowing, coiling form that changes as you walk around it. … It is an object that cannot be perceived as having a singular image, from any one perspective. You need to journey round the object, and through it. Like a Tower of Babel, it requires real participation from the public” — Anish Kapoor

Anish Kapoor, Orbit digital renders, © Anish Kapoor.

Anish Kapoor, Orbit Viewing Platform model, © Anish Kapoor.

Anish Kapoor, Orbit drawings, © Anish Kapoor.

Anúncios