Doclisboa’13 (exposições)

Duas exposições no Doclisboa ’13 para pensar o cruzamento entre as artes visuais e o documentário e a relação com o arquivo.

Depois de ter inaugurado, em 2012, a secção Passagens, com instalações de Chantal Akerman e Pedro Costa, este ano o Doclisboa traz a Lisboa obras de Rainer W. Fassbinder, Hartmut Bitomsky, Elizabeth Price (Prémio Turner 2012) e Camille Henrot (Leão de Prata na Bienal de Veneza 2013).

O Museu da Eletricidade acolhe a instalação dos 14 episódios de Berlin Alexanderplatz, de Rainer W. Fassbinder, com inauguração marcada para hoje, dia 25 de Outubro, às 19h00.

No Carpe Diem Arte e Pesquisa abrem ao público, no dia 26 de Outubro, às 16h00, as instalações Grosse Fatigue de Camille Henrot (Leão de Prata na Bienal de Veneza 2013), Shakkei: Borrowed Landscapes de Hartmut Bitomsky e Woolworth’s Choir of 1979 de Elizabeth Price (prémio Turner 2012).

Na 11ª edição do Doclisboa, a secção Passagens tem como tema central o Arquivo, que se desdobra em quatro articulações todas elas interligadas: o arquivo histórico, o cinema enquanto arquivo, a imagem apropriada e a (re)criação do arquivo. Através destas quatro articulações, Passagens procura interrogar, sob o plano estético, ético, social e discursivo, diferentes modalidades de trabalhar a partir de imagens pré-existentes, bem como apresentar peças que abrem novas possibilidades de pensar o próprio arquivo.

O programa da secção integra ainda um Colóquio Internacional, em parceria com a Universidade Paris 1 – Panthéon-Sorbonne, que traz à Culturgest teóricos e artistas de renome internacional. Repartido por três dias – 30, 31 de Outubro e 1 de Novembro – o colóquio continuará a questionar as passagens entre o cinema e arte contemporânea, centrando-se agora nas obras que questionam o arquivo e utilizam imagens pré-existentes, não apenas como simples matéria, mas como força viva da sua própria invenção.

Este ano, o colóquio vai contar com a presença de Françoise Parfait, Michael Renov, Christa Blümlinger, Jacinto Lageira, Philipe Dubois, Hartmut Bitomsky, Shaina Anand, Sérgio Mah, entre outros.

As exposições encontram-se abertas ao público de 25 de Outubro a 15 de Dezembro, no Museu da Electricidade e de 26 de Outubro a 14 de Dezembro no Carpe Diem Arte e Pesquisa. O colóquio internacional será realizado na Culturgest, em Lisboa. 

+ info:

Doclisboa ’13

Museu da Eletricidade

Carpe Diem Arte e Pesquisa

Culturgest

Anúncios