I Love, Love, Love: To Built

Manuel Aires Mateus, Sede da EDP, Lisboa, Portugal, em construção. © Manuel Aires Mateus

Manuel Aires Mateus, Sede da EDP, Lisboa, Portugal, em construção. © Manuel Aires Mateus

> 24.03.2013 @ Villa Noailles

10 anos de exposições de arquitectura na Villa Noailles (Hyères, França). 

Para comemorar esta data a Villa Noailles convidou 10 arquitectos aos quais lançou um desafio: analisar o seu percurso criativo com base em três propostas sediadas no tempo (passado, presente e futuro). Esta série de convites faz parte do trabalho de pesquisa e reflexão sobre o papel dos arquitectos na sociedade actual, que tem sido realizado por este centro. Neste caso em concreto, a questão centra-se na análise dos diferentes percursos e discursos artísticos. Os curadores da exposição escolheram três questões que consideram essenciais para dar a conhecer a obra e o impulso de criação de cada um desses arquitectos. Nesta mostra participa o arquitecto português Manuel Aires Mateus.

Questões propostas:

(1) ontem: (o que) teria gostado (de)

Através desta proposta dá-se a conhecer um projecto que o arquitecto gostaria de ter realizado e que representou um marco importante na sua carreira mas que nunca saiu do papel. O objectivo, ao destacar esse episódio, é salientar o grande número de acontecimentos desta natureza que a carreira de arquitecto comporta.

(2) hoje: gosto

Aqui o arquitecto elege um projecto e explica as razões dessa escolha. Cada projecto tem uma história única, com questões especificas, onde um arquitecto é, quase sempre, confrontado com a redefinição do seu papel. Ao evidenciar um projecto considerado relevante, analisa-se, também, a continuidade e extensão da obra (do arquitecto).

(3) amanhã: gostaria (de)

O arquitecto apresenta o projecto dos seus sonhos. Pode ser um projecto em fase de desenvolvimento ou um tipo de projecto que nunca lhe foi proposto. A finalidade é criar um espaço de reflexão sobre o lugar do arquitecto num mundo em constante mudança e de que forma a sua participação activa influencia a sua construção.

arquitectos:

Rudy Ricciotti
Patrick Bouchain
Anne Lacaton & Jean-Philippe Vassal
Luca Merlini
Johannes Norlander
Anna Heringer
Tyin Tegnestue
Peter Cody
Fran Silvestre
Manuel Aires Mateus

curadores:

Florence Sarano | Jean-Pierre Blanc

Fran Silvestre, Casa do jardim, Espanha, 2007. © Fran Silvestre

Fran Silvestre, Casa do jardim, Espanha, 2007. © Fran Silvestre

(C) na imagem de destaque da página anterior: Johannes Norlander, Villa Palladio, Suécia. © Johannes Norlander.

(C) imagens: cortesia de Villa Noailles.

Anúncios