Voina (Arte ou Guerra?)

Arte e ativismo político. Um colectivo artístico russo denominado Voina (guerra em russo) promove a utilização de meios ilegais como linguagem e expressão dos valores artísticos e políticos que defendem – anarquia através da arte, neste caso da performance ou protestos de rua, se quisermos. O grupo anunciou ter sido responsável por um ataque efetuado, na noite de final de ano, em St. Petersburg, no qual incendiaram vários carros da polícia. Proclamam que “as suas ações são um presente para todos os prisioneiros políticos da Rússia“.

Ler aqui o artigo completo via The Washington Post.

A seguir vídeos com duas das suas intervenções, a mais recente (a da passagem de ano) valeu-lhes um prémio do Ministério da Cultura Russo, que eles recusaram.