Carsten Höller

Inaugura hoje uma exposição de Carsten Höller no New Museum, em Nova Iorque. Estará patente até ao próximo dia 15 de janeiro. 

Carsten Höller nasceu em 1961, em Bruxelas, Bélgica, no seio de uma família alemã. Estudou Entomologia na Universidade de Kiel, onde fez o doutoramento em 1988. Na década de 1990, começa a dedicar-se à prática artística e abandona a actividade de cientista para perseguir uma carreira como artista. A sua obra já foi exibida em inúmeros museus, dos quais se destacam: Moderna Museet, na Suécia (1999); Fondazione Prada, Milão (2000); MASS MoCA (2006); Turbine Hall, Tate Modern (2006), Kunsthaus Bregenz, Áustria (2008) e Hamburger Bahnhof, Berlim (2010).  

Höller vive e trabalha em Estocolmo, Suécia. No seu trabalho explora temas como a infância, a segurança, o amor, o futuro e a incerteza. Nas suas peças desafia os limites da percepção e da lógica através de experiências participativas controladas, funcionando como um laboratório de ensaios. Esta exposição inclui várias obras que criou nos últimos 18 anos. A mostra é realizada através de uma instalação interactiva ‘coreografada’ em colaboração com o artista. A exposição apresenta, entre outros, uma nova instalação de luz; um fantástico carrossel espelhado e a recriação do seu Corredor-Experiência, onde os espectadores são convidados a realizar testes simples a si próprios. A seguir fotografias de algumas das obras em exposição e de outros trabalhos do artista. Mais imagens e informações sobre o artista aqui via Galeria Air de Paris.

Anúncios