I need nothing

I need nothing – Uma Odisseia quase Inútil por Cãoceito.
Projecto tangencial da EXD\’11 Lisboa
Repositórios de histórias e das emoções que as enriquecem, as capas que acomodam os diversos estilos musicais são o motivo desta exposição. O enfoque é feito nas capas dos discos que tantas vezes nos conquistam a memória quando a música ainda mal se começou a formar nos nossos ouvidos. Verdadeiros desastres gráficos ou elevadas ao estatuto de ícone, injustamente ignoradas ou testemunhos de uma época, as capas garantem que o ouvir é acompanhado pelo ver e tocar, pelo coleccionar, pelo guardar. De capa em capa, ligando as  várias histórias, escrevemos outra ao som de uma música que repete: I need nothing, I’ve everything I need.

I need nothing resultou de uma ideia Cãoceito + Burdman e sua primeira apresentação pública acontece enquanto projecto tangencial da EXD’11. “Useless”, tema desta 6ª Edição da Bienal foi o ponto de partida e a reflexão sobre o modo como as capas (neste caso de vinil) ajudam a “ouvir com os olhos” foi a meta  a alcançar. Numa época em que os ficheiros audio digitais dominam mas em que os suportes tradicionais ainda conseguem conquistar adeptos, a embalagem sendo inútil para uns, continua a ser relevante e valiosa para outros. Cãoceito – suportes gráficos para projectos musicais.

Anúncios