João Cruz

João Cruz, da série Diaries I © João Cruz 2012. Cortesia do artista.

João Cruz (n. 1990, Porto) é um criativo multidisciplinar, que utiliza vários meios artísticos na sua actividade, dando maior destaque às artes visuais, em especial à fotografia e ao vídeo. A seguir, uma selecção de imagens que possibilita um conhecimento do seu trabalho fotográfico, também, ele eclético e uma breve descrição sobre os diferentes meios e processos de trabalho. Vive e trabalha no Porto.

 

‘a poesia da imobilidade’

fotografia

As fotografias de João Cruz convocam o universo do cinema, remetem para atmosferas elaboradas, que possuem uma linguagem visual muito própria. Não se trata de um simples acto de contemplação, mas de uma viagem aos bastidores de um filme.

Algumas fotografias possuem um sentido muito forte de movimento, outras provocam uma reflexão sobre o próprio cinema, no sentido de magia e sonho que uma imagem capta (poesia da imobilidade), outras, ainda, transportam-nos para cenários, onde jogos de luz e sombras densas são marcadas por um vazio existencial.

João Cruz fundou a Revista Prata, onde tem desenvolvido um trabalho muito interessante de curadoria e reflexão sobre assuntos relacionados com a fotografia, em particular, e com o audiovisual e com as artes em geral.

A sua mais recente exposição de fotografia, intitulada ‘Persona’, esteve patente no Centro Português de Fotografia. Em breve, será editado o livro.

cinema

João Cruz, faz parte do projecto Estaleiro (Curtas de Vila do Conde), tendo colaborado no filme Cinzas de Pedro Flores, na qualidade de director de som, e, de momento, encontra-se já em rodagem do novo filme de Gonçalo Tocha.

vídeo

Entre outros, de salientar, a sua participação na realização de dois vídeos inéditos com George Lewis Jr, que assina como Twin Shadow, no bairro da Boavista, no Porto, duas pérolas a descobrir, num deles George Lewis Jr interpreta um inédito.

links:

blog

Estaleiro

site

Revista Prata

vídeos