WE ARE THE TIME

Art Lives in the Age of Global Transition

de 12 a 16.03.2012

na Gerrit Rietveld Academie

WE ARE THE TIME explora o papel da vida e da experiência de vida como fonte de inspiração e força motriz que impulsiona e molda a prática artística. A experiência de vida é gerada através da intersecção entre o ritmo pessoal e uma perspectiva mais ampla da sociedade. Como podemos nos posicionar no tempo? Quais são os momentos decisivos das nossas vidas pessoais? Qual é nossa relação com o momento presente e contexto histórico? A reflexão sobre momentos históricos e a experiência pessoal convergem para uma força geradora que busca forma numa obra de arte, numa imagem….De movimentos como o da Praça de Tahrir a Occupy Wall Street, estamos a testemunhar uma vontade forte de mudança mas ainda não se percebe bem em que direcção. Este momento pertence às jovens gerações de artistas que com o seu trabalho irão contribuir para essa mudança e influenciar as suas comunidades.

Com o advento das tecnologias digitais e novos regimes de representação, as rápidas mudanças nos media sugerem formas muito diferentes de nos relacionarmos com a materialidade das imagens e a sua veracidade. São nos oferecidas várias possibilidades e múltiplas perspectivas de percepcionar os acontecimentos. Isto implica um modo diferente de ler a história e de interpretar as nossas memórias. E é a partir daqui que temos que nos encontrar novamente.